Voz Missionária

Novembro / Dezembro 2019

Senhor, obrigada. Até aqui, nos sustentaste!
(novembro/dezembro de 2019)


Nossa capa nos remete ao aniversário de 90 anos da revista: Jubileu de Álamo, essa árvore imponente, de uma beleza incomparável; uma árvore que se propaga tanto pela produção de sementes como pelo desenvolvimento de novos brotos. Uma das coisas bonitas é o seu poder de renovação. Imaginemos que uma pequena semente ou um broto chega a produzir uma árvore que pode alcançar a 30 metros de altura. O que isso tem a ver com a revista Voz Missionária? Quem poderia imaginar que a reunião de um grupo de mulheres, na Igreja Metodista Central em São Paulo, em setembro de 1929, produziria uma revista tão longeva? A revista Voz Missionária é fruto do amor e da graça de Deus. Trabalhamos, mas o sustento vem de Deus.

Em um momento de vitória do povo de Israel contra os filisteus, vitória que surge após um tempo de derrota e dor, Samuel coloca uma pedra entre Mispa e Sem e a chama de Ebenézer, e diz: Até aqui nos ajudou o Senhor - 1 Samuel 7.12. Olhando para trás, nove décadas de caminhada da nossa revista, podemos dizer: "o Senhor nos ajudou". Essa certeza da presença divina nos leva a olhar para frente e afirmar: "Ele continuará conosco". Assim como Deus nos sustentou até aqui, continuará sustentando a caminhada desse importante instrumento da missão que é a revista Voz Missionária.

Estamos concluindo mais um ano. Final de ano sempre traz um sentimento de frustração e angústia por tudo que não fizemos, os projetos que não saíram da mente e do papel. Mas, temos a certeza de uma coisa: nesse tempo que passou, Deus teceu nossa vida ao longo de cada dia, de cada semana e de cada mês. Em alguns momentos, podemos não ter gostado da cor, do desenho que vimos, lembrando que sempre vemos sob a nossa perspectiva e nunca sob a perspectiva divina, mas tenha certeza de que o desenho final do nosso Mestre é uma obra prima.

Final de ano, tempo de agradecer a Deus pelo Seu amor, cuidado, proteção, força e sustento. Assim como todos nós, como filhos e filhas de Deus, a revista Voz Missionária, como parte da missão, só tem a agradecer a Deus porque nos sustentou até aqui e temos a certeza de que Ele continuará nos sustentando.

Lembramos-nos do hino Direção Divina (Hinário Evangélico 350):

As tuas mãos dirigem meu destino,
Ó Deus de amor! Bom é que seja assim!
Teus são os meus poderes, minha vida;
Em tudo, eterno Pai, dispõe de mim!
Meus dias, sejam curtos, ou compridos,
Passados em tristezas ou prazer,
Em sombra ou luz é tudo como queres,
E é tudo bom, se vem do teu querer.

Assim como Ebenézer olhamos para o passado, mas também olhamos para o futuro. E o futuro está nas mãos de Deus!