Voz Missionária

Novembro / Dezembro 2020

Disposição para um novo caminho

A nossa chamada principal no 1º bimestre de 2013 foi: “Não existe caminho novo, existe um novo jeito de caminhar” (Thiago Mello). Hoje, sete anos depois, em plena pandemia mundial provocada pelo corona vírus, em meio a tantos sinais de destruição, perdas, incertezas, estamos falando sobre preparar um caminho para o Salvador. O Natal nos lembra que precisamos caminhar de forma diferente para encontrar esse caminho para Jesus: esse caminho passa pela pureza das crianças que caminham com fé, confiança, determinação e alegria.

Viver é um eterno caminhar. Estamos sempre nos locomovendo para lugares diferentes, mas nesse caminhar nem sempre estamos atentas aos sinais do caminho. João Batista apontava para o caminho do arrependimento, da mudança de vida. E hoje, como poderemos encontrar aquela criança, nascida em Belém? Deus pede uma nova forma de caminhar. Deus pede um andar solidário: ninguém deve caminhar sozinha. Nossas crianças caminham juntas. Para onde? Imagino que estão indo para Belém. O que temos em Belém? Uma criança que nasceu para revelar o amor de Deus, a possibilidade de uma nova vida e um novo caminho para Deus e para os seres humanos. Convidamos você para essa viagem. Vamos até “Belém”?

Adoremos ao Senhor: rev. James Theodore Houston (HE 8)

Oh! Vinde, fiéis, triunfante, alegres, Sim, vinde a Belém já movidos de amor; Nasceu vosso Rei, lá do Céu prometido, Oh! Vinde, adoremos a nosso Senhor!

Olhai, admirados, a sua humildade, Os anjos o louvam com grande fervor, Pois velo conosco habitar encarnado; Oh! Vinde, adoremos a nosso Senhor.

Por nós, das alturas celestes baixando, Em forma de servo se fez, por amor, E em glórias a vida nos dá, sempiterna; Oh! Vinde, adoremos a nosso Senhor.

Nos Céus adorai-o, vós, anjos em coro, E todos na terra lhe rendam louvor; A Deus honra e glória contentes rendamos; Oh! Vinde, adoremos a nosso Senhor.